Resenha: O Hobbit – J. R. R. Tolkien

Oiii galereeeeeeeeeeeeeeeeee!
Hoje estou aqui pra falar sobre um livro totalmente AMAZING ! Vamos aos dados?

11077895_10202900554754829_79357386_n-208x300Editora: wmfmartinsfontes
Autor:J.R.R. Tolkien
Ano:1892
Edição: 9º Edição
ISBN:9788578278953
Páginas:297

Sinopse:  Os hobbits são seres muito pequenos, menores do que os anões. São de boa paz, sua única ambição é uma boa terra lavrada e só gostam de lidar com ferramentas manuais. Este livro tem como personagem central o hobbit Bilbo Bolseiro. Ele vive muito tranquilo até que o mago Gandalf e uma companhia de anões o levam numa expedição para resgatar um tesouro guardado por Smaug, um dragão enorme e perigoso.

 

 

O livro começa apresentando o nosso querido protagonista conhecido como Bilbo Bolseiro em sua “casa” curtindo seu cantinho, tomando chás que é uma das coisas que Bilbo mais gosta que fazer.
o hobbit 03
Até que um dia a noite, Bilbo escuta batidas na porta de Sua casa e 13 anões (Thorin Escudo-de-Carvalho, Dwalin, Balin, Dori, Nori, Ori, Oin, Gloin, Bifur, Bofur, Bombur, Kili e Fili) mais nosso querido Gandalf para jantar em sua casa e o convidar para uma aventura.
O hobbit 06
A principio Bilbo fica um pouco receoso, mas um pouco depois Thorin explica que essa aventura tem como objetivo recuperar a Montanha dos anões junto com seu tesouro que está sobre a posse de Smaug, um dragão feroz.
Assim que a história começa, eles se enfiam em tantas confusões! São perseguidos por Orcs, ele entra em uma caverna e fica preso junto com o Gollum ( my precious) enquanto tudo isso acontece bilbo acha o tão conhecido anel que dará incio a próxima trilogia. Para sair da Caverna, gollum sugere um jogo de adivinhação que faz com que bilbo seja liberto. Eles tbem são perseguidos por um urso/lobo (não sei definir) que se chama Beorn, mas que no final, acaba os ajudando dando suprimentos e animais para que a aventura continue. Logo após isso eles entram na floresta das trevas, são atacados por aranhas gigantes, quando conseguem fugir, eles acabam saindo da trilha ( a que eles não poderiam sair) e acabam sendo capiturados por elfos.
Gente, vou parar um pouco. Imagina minha aflição lendo tudo isso? Quando eles se livravam de uma enrascada entravam em uma pior! Quase morri do coração várias vezes.
Bem, voltando a história, com a ajuda do anel que deixa Bilbo invisível, ele liberta a todos e eles fogem em barris até a cidade do lago que é a partir daí meu amigo, que eles chegam a montanha e bilbo usa seu título de de “ladrão” para ir até Smaug e reivindicar aquilo que pertence aos anões.
O final vocês só vão descobrir lendo o livro! ~beijos

Ao ler esse livro pela segunda vez eu cheguei a conclusão: NÃO ACREDITE QUE O FILME É FIEL AO LIVRO.

Muitas pessoas que não estão na história estão presentes (beijo Legolas seu lindo <3) e o livro tem muito mais detalhes e coisas que eles passaram que o filme.
A história é completa do início ao fim. Você não se perde, entende todos os fatos, conhece a fundo a personalidade de cada um dos personagens e SIM você se apaixona por bilbo bolseiro.
A edição que eu li é da Martins fontes e apesar de ter a capa do filme na frente, eu amo a capa e amo o cuidado da capa emborrachada e dos mapas que tem dentro. As folhas são amareladas e de fácil manuseio.
O hobbit 01
o hobbit 02 E vocês? Já leram o Hobbit? Amaram a experiência assim como eu? Me conta nos comentários!
Até a próxima!
Beijos <3

2 Comentários em “Resenha: O Hobbit – J. R. R. Tolkien”
  1. Thaís
    05 de abril de 2015

    Essa edição da Martins Fontes samba, né? Eu gostei bastante do livro, o li novamente antes do primeiro filme estrear, e achei legal o fato deles misturarem com o livro Histórias da Terra Média. Além de ficar mais completo, as pessoas conseguem entender um outro lado dos seres sombrios de Tolkien. 😀

    [Reply]

    Ana Valença Reply:

    Samba demais Thais!
    Li ele quando vi o filme a primeira vez e ler agora depois de assistir os novos filmes foi muito lindo <3
    fico muito perfeito! Concordo com você ♥

    [Reply]


Deixe um comentário